terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

A despedida de um genêo chamado Ronaldo.


/">Ronaldo Luiz Nazário de Lima, 34 anos, anunciou há pouco em entrevista coletiva o encerramento de sua carreira como jogador de futebol. Muitas contusões e sofrendo de hipotireodismo (ocorre quando glândula tireóide não produz hormônio suficiente para as necessidades do corpo) anteciparam o fim de sua brilhante carreira. Disse que na verdade perdeu para o seu corpo o que o obrigou a abreviar a carreira. Antes da coletiva esteve pela manhã com seus companheiros no treinamento alvinegro abraçando um a um e anunciando o fim de sua carreira. Ronaldo confirmou que seguirá no Corinthians como seu embaixador. Lamentou não ter sido campeão da Copa Libertadores da América. Agradeceu à todos os dirigentes e técnicos dos clubes pelos quais passou. Agradeceu aos que com ele jogaram e os que contra ele atuaram com lealdade. Chorou ao lado dos filhos e depois de explicar o encerramento de sua carreira atendeu a imprensa que lotou o Centro de Imprensa do Corinthians em Itaquera. Ronaldo afirmou que está com seu futuro bem encaminhando e que além de embaixador do Corinthians cuidará da sua agência de jogadores.
Carioca
Ronaldo nasceu no Rio de Janeiro em 22 de Setembro de 1976. Jogou em sua juventude no Valqueire, Social Ramos, São Cristovão e Cruzeiro onde iniciou sua carreira profissional. Depois do time mineiro atuou no PSV Eindhoven, Barcelona, Internazionale, Real Madrid, Milan e Corinthians. Jogou 515 jogos marcando 352 gols. Pela Seleção foram 97 partidas marcando 62 gols. Foi eleito três vezes (1996-1997 e 2022) o melhor do mundo pela FIFA.
títulos
Pelo Cruzeiro: Copa do Brasil (1993) e Campeonato Mineiro (1994); PSV Eindhoven: Copa dos Países Baixos (1996); Barcelona: Supercopa da Espanha (1996), Copa da Espanha (1997) e Recopa Europeia (1997); Internazionale: Copa da UEFA (1998); Real Madrid: Copa Intercontinental (2002), Campeonato Espanhol (2003 e 2007), Supercopa da Espanha (2003); Corinthians: Campeonato Paulista (2009) e Copa do Brasil (2009) e Seleção Brasileira: Copa do Mundo da FIFA (1994 e 2002), Copa América (1997 e 1999). Copa das Confederações (1997) e Olimpíadas: Medalha de bronze em 1996.
Obrigado
É o que o futebol pode dizer a Ronaldo pela alegria que deu a todos nós brasileiros e ao mundo do esporte mais popular do planeta.foi sem duvida o melhor jogador que vi jogar.

Nenhum comentário: